Terapias Alívio da Dor & Outros - by dorcronica.blog.br

Tirando o máximo proveito de sua consulta médica

Tirando o máximo proveito de sua consulta médica

Assumir um papel ativo em seus cuidados de saúde pode ajudar você a aproveitar ao máximo sua consulta médica. Isso implica em preparar detalhadamente e com antecedência uma agenda para sua visita.

“Às vezes, a melhor coisa que podemos fazer por nossos pacientes é dizer a eles qual é o melhor comportamento e depois negociar algo com o qual possam conviver.”

– Dra. Nancy Dickey

Aqui estão algumas dicas sobre o que fazer antes, durante e depois de sua consulta, para você e seu médico trabalharem juntos em prol da sua saúde.

Prepare-se com antecedência

Uma consulta médica demora, em média, 15 minutos. Para você e seu médico aproveitarem ao máximo seu tempo, faça uma lista com suas dúvidas e leve para sua visita. Comece com o que é mais importante para você e termine com o menos importante.

Se você é um paciente novo, reúna o máximo de informações úteis sobre o seu histórico de saúde. Se você não é um paciente novo, leve informações novas ou alteradas desde sua última consulta com seu médico.

Idealmente, registre os problemas de saúde que você tem ou teve, números de pressão arterial, sintomas recentes, alimentos, sono… Inclua radiografias, resultados de testes etc.

Relacione medicamentos, incluindo quando, com que frequência e com que dosagem você os toma (ex.: 50 mg ou 200 mg?). Inclua também vitaminas e suplementos.

Veja se um familiar ou pessoa próxima (que você respeite pela sua sensatez) pode acompanhá-lo à sua consulta para ouvir, fazer anotações e fazer perguntas.

Abra o jogo com seu médico

Ao conversar com seu médico, siga estas etapas para garantir que você e seu médico aproveitem ao máximo seu tempo juntos.

  • Repasse suas listas.
  • Mesmo que seja difícil, fale sobre as questões que são embaraçosas ou assustadoras no início de sua visita. Isso dará ao seu médico tempo suficiente para abordá-los com você.
  • Certifique-se de informar o seu médico sobre quaisquer problemas ou preocupações atuais e passados ​​de saúde. É importante compartilhar qualquer informação que puder, mesmo que esteja envergonhado. Dê ao seu médico as seguintes informações durante o exame:
    • Seus sintomas.
    • Informação pessoal. Por exemplo, informe o seu médico se estiver estressado ou se sua vida estiver mudando.
    • Quaisquer medicamentos que esteja tomando, incluindo suplementos.
    • Quaisquer efeitos colaterais que você tenha do(s) seu(s) medicamento(s). Certifique-se de informar o seu médico se o seu medicamento faz você se sentir doente ou se você acha que pode ser alérgico a ele. Informe-os também se tiver problemas para pagar o seu medicamento. O seu médico pode ajudá-lo a encontrar medicamentos diferentes para você tomar ou explicar por que os que você está tomando são a escolha certa. 

Pergunte destemidamente

Não tenha medo de falar durante a sua consulta. É importante que você informe o seu médico se você não entender alguma coisa. Se você não fizer perguntas, seu médico achará que você entendeu tudo.

Aqui estão algumas dicas sobre como fazer perguntas ao seu médico:

  • Pergunte sempre que não entender alguma coisa.
  • Se você não conseguir entender o que seu médico está explicando, peça a ele para explicar com mais detalhes, possivelmente usando fotos ou folhetos.

Aqui estão algumas boas perguntas iniciais que você pode fazer ao seu médico:

  • O que meus sintomas significam?
  • Devo ser testado para uma doença ou condição?
  • O que causou essa condição?
  • Quão grave é a condição?
  • Como é tratado?
  • Existem efeitos colaterais no tratamento?
  • Quanto tempo durará o tratamento?
  • Como essa condição afetará minha vida agora e no futuro?

Se você ficar sem tempo, faça um plano para obter o restante de suas perguntas respondidas.

  • Informe o seu médico quando precisar de mais tempo para falar sobre algo. Se o médico não estiver disponível para ajudar, você deve poder falar com um assistente ou uma enfermeira. Se não houver mais ninguém disponível, veja se você pode agendar outro horário para tirar o restante de suas dúvidas.

Leve um resultado para casa

A seguir estão os tipos de informações que você pode levar para casa:

  • Anotações feitas durante a consulta. Não há problema em você anotar as informações que seu médico lhe dá. Às vezes ajuda trazer um amigo ou membro da família com você. Eles podem ajudar a anotar as respostas às suas perguntas e outras informações compartilhadas pelo médico ou enfermeiro. Você também pode pedir ao seu médico para fazer anotações para você.
  • Instruções escritas do seu médico.
  • Uma gravação em fita. Pergunte ao seu médico se você pode gravar a consulta para ajudá-lo a se lembrar de tudo corretamente.
  • Brochuras ou outros materiais educativos. Se não houver nenhum disponível, pergunte onde ou como você pode obter alguns.

Coisas a considerar posteriormente

Certifique-se de seguir todas as instruções que você e seu médico discutiram durante a visita. Isso pode incluir tomar remédios, preparar-se para um teste ou agendar uma consulta com um especialista. Se você estiver confuso ou se tiver esquecido alguma informação, volte a contactar seu médico.

Especialmente,

  • se você tiver alguma dúvida após a consulta.
  • se começar a sentir-se pior ou tiver problemas com o seu medicamento.
  • se você fez testes e não obteve ou não entendeu os resultados.

Tradução livre de “Getting the Most Out of Your Doctor Appointment”, publicado pelo familydoctor.org

Conheça o Pré-Consulta, um recurso do blog Dor Crônica, para você aproveitar ao máximo a sua consulta médica.

Cadastre-se E receba nosso newsletter

Veja outros posts relacionados…

nenhum

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONHEÇA FIBRODOR, UM SITE EXCLUSIVO SOBRE FIBROMIALGIA
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o mini-ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas