Etiqueta: dor crônica

O cérebro emocional e a dor crônica

O cérebro emocional como preditor e amplificador da dor crônica

A literatura médica sobre dor considera essa sensação como um recurso benéfico, protetivo, etcetera. A tese dos autores do artigo a seguir, a maioria deles neurocientistas do tipo “mão-na-massa”, é diferente. Como a vida humana em geral é livre de lesões, os mecanismos nociceptivos constituem a maquinaria apropriada para proteger o corpo de lesões, enquanto a dor sinaliza o fracasso ou o potencial de falha em proteger o corpo de lesões. Dentro desse conjunto de definições, a dor crônica – dor que persiste na ausência de estímulos rígidos ou após o processo de cura – pode ser considerada apenas patológica, pois não está mais associada a um repertório comportamental apropriado. Ela não estaria associada apenas a nocicepção, mas traços psicológicos e de personalidade também podem contribuir. Note-se que esta não é uma especulação psicológica intuitiva mas uma evidência comprovada pela neurociência.

Leia mais »
Entenda porque com humor dói menos

Entenda porque com humor dói menos

Meses atrás inclui 7 cartuns no espaço do blog chamado Galeria, que hospeda imagens e textos pelos quais um profissional da saúde pode educar seu paciente na dor e seu gerenciamento. Agora há outras duas iniciativas recém implantadas: 4 ebooks, cada um contendo 30 cartuns sobre temas relacionados ao cotidiano de um paciente com dor, e que serão agregados progressivamente ao blog. Veja o ebook 1 clicando aqui, e o ebook 2, fresquinho, publicado nesta semana. E também um cartum ou uma tira cômica quinzenal a ser postada na home do blog. E como nada cai do céu, veja a seguir as minhas razões.

Leia mais »
Os sete objetivos do paciente com dor crônica

Os sete objetivos do paciente com dor crônica

“O principal objetivo no manejo da dor crônica é que a causa da dor seja encontrada e curada, permitindo que o indivíduo volte às atividades normais e à vida diária.” Eis o apelo ao público de pacientes com dores crônicas feito por uma clínica londrina. Sem querer falar mal de ninguém, a mim isso soa como um expediente comercial temerário. A maioria das dores crônicas, se não todas, carece de cura médica. Eis a verdade. Uma verdade que dói e revolta, principalmente aos pacientes, mas nem por isso deixa de ser o que é: a verdade. E eu, por experiência própria, duvido que dourar a pílula no que se refere ao objetivo final de um tratamento de dor crônica tenha qualquer valor terapêutico. Pelo contrário, eu acredito que seja o inverso. Gerar expectativas e depois de um tempo deixar a realidade implodi-las, pode afundar mais no desespero quem já estava fragilizado(a) pela sua condição de saúde. A linha que acaba por unir a dor crônica à depressão pode muito bem passar pela frustração de uma expectativa que se imaginava viável (e não era).

Leia mais »
Ensinando o sistema nervoso a esquecer a dor crônica

Ensinando o sistema nervoso a esquecer a dor crônica

Estudos experimentais revelaram uma semelhança notável nos mecanismos subjacentes à amplificação e aprendizagem da dor e à memória em áreas do cérebro como o hipocampo e o córtex cerebral. Essas descobertas deram origem à ideia de que uma “memória de dor” está codificada no sistema nervoso e que reverter essa memória pode ser a chave para encerrar os transtornos de dor crônica. Em outras palavras, a reversão da plasticidade nos circuitos da dor pode fornecer a oportunidade de aliviar permanentemente a dor crônica. Esse post primeiro comenta essa tese e depois descreve um tratamento pioneiro baseado no uso medicinal da capsaicina – a mesma substância que rendeu a Julius e Patapoutian o Prêmio Nobel de Medicina 2021 – pelo qual parece possível apagar a memória e, por tabela, a dor.

Leia mais »
Entendendo e superando o medo da dor

Entendendo e superando o medo da dor

O medo da dor já foi objeto de um post nesse blog. Haverá muitos outros haja visto que, na vida da pessoa que luta por se aliviar da dor crônica, hoje até os neurocientistas reconhecem que “o medo da dor é pior do que a própria dor”. No post a seguir, você irá se deparar com duas siglas desconhecidas no Brasil. A Síndrome da Mente-Corpo (SMC) ou Mind Body Syndrome (MBS) é o novo nome dado ao distúrbio apontado pelo Dr. John Sarno nos anos 70/80, como sendo a causa de inumeráveis dores crônicas – notadamente dor nas costas – o Tensional Miosite Syndrome (TMS). A mudança de nome para Mind Body Syndrome deve-se a que a abrangência do distúrbio, o qual exemplifica o quanto a mente e o corpo se influenciam mutuamente para gerar doença e causar dor crônica não específica – é muito mais prevalente do que se pensou originalmente.

Leia mais »
Quando a dor é “mista”

Quando a dor é “mista”? Perguntando se chega a Roma.

Pacientes com problemas de dor que ainda não são bem compreendidos, por exemplo, dor nociplástica ou dor mista, ainda correm um alto risco de ouvir que sua dor não é real ou que “está tudo na sua cabeça”. Uma avaliação metódica, bastante rápida e abrangente de um paciente com dor crônica – particularmente aquele que sofre de dor com componentes nociceptivos e neuropáticos – permite um tratamento direcionado. Na falta de uma causa notória para essas dores, o relato do paciente é essencial. Isso explica a preocupação com o médico ou médica fazer as perguntas certas durante a avaliação. O valor disso é duplo. Por um lado, usar as respostas como um fio condutor para traçar um diagnóstico (a confirmar por exames subsequentes, se for o caso); e por outro lado, estabelecer um vínculo afetivo com o paciente, amiúde decisivo para este acreditar no diagnóstico e se dispor a seguir o tratamento.

Leia mais »
Cannabis Medicinal: limpando a fumaça – Parte 3

Cannabis Medicinal: limpando a fumaça – Parte 3

A Parte 1 e Parte 2 do artigo “Medical Marijuana: Clearing Away the Smoke” (dividido em 3 partes no blog), foi publicada dias atrás e resumiu resultados de estudos recentes sobre canabinoides, e mostrou os riscos e gestão do uso desses medicamentos. O tema desta terceira parte é a seleção de pacientes para terapia com canabinoides.

Leia mais »
A causa da sua dor lombar pode ser ignorância

A causa da sua dor lombar pode ser ignorância, sabia?

O conhecimento da dor em geral, e da dor crônica em particular, evoluiu muito nos últimos 50 anos. Contudo, essa evolução não atingiu uma das dores crônicas mais prevalentes no mundo: a dor lombar (ou lombalgia, ou low back pain, como é conhecida no exterior). O advento do modelo biospicoSsocial da medicina, além de descobertas da neurociência, fizeram com que essa dor fosse “repensada” intelectualmente pela literatura científica, mas sem consequências práticas na frente clínica. Se você for médico(a), especialmente no atendimento primário, seria bom saber – apenas por curiosidade – o quanto as suas atuais crenças sobre a dor lombar coincidem com essa “nova maneira de ver as coisas”. Veja nesse post, um teste que irá lhe facilitar essa averiguação. Ah, e se você for um(a) paciente, com maior razão ainda. Ninguém se livra dessa sua dor persistente, pensando como todo mundo.

Leia mais »
Dor e cérebro

O que é dor e o que está acontecendo quando a sentimos?

A dor é talvez a sensação mais frequente e democrática a existir entre os humanos. No entanto, até defini-la é difícil! Talvez por isso, a dor não é ensinada nas faculdades de medicina, e consequentemente, os médicos em geral a consideram apenas um sintoma de uma doença qualquer, tratável unicamente via fármacos ou cirurgia. Para a maioria dos pacientes com dor, porém, remédios e faca não resolvem, e até podem piorar a situação. Nessa rua sem saída, o que eles podem fazer? Informar-se por conta própria sobre a dor e o processo doloroso, de maneira a procurar pelo médico certo, firmar expectativas realistas sobre o que se pode conseguir com tal ou qual terapia e, acima de tudo, assumir plena responsabilidade pelo próprio tratamento. Para tanto, o primeiro passo é saber o que é dor e como a processamos via mente-corpo. Eis o tema desse post.

Leia mais »
Cannabis Medicinal: limpando a fumaça – Parte 2

Cannabis Medicinal: limpando a fumaça – Parte 2

A Parte 1 do artigo “Medical Marijuana: Clearing Away the Smoke” (dividido em 3 partes no blog), foi publicada dias atrás e resumiu resultados de estudos recentes sobre canabinoides. Esta segunda parte, trata dos riscos e gestão do uso de medicamentos canabinoides. O tema da terceira parte, a ser publicada na próxima semana, é a seleção de pacientes para terapia com canabinoides.

Leia mais »
O modelo de Sensibilização Central: como explicar a dor cronica

Sensibilização Central: Como a dor crônica existe sem haver dano no tecido

O modelo de sensibilização central fornece a oportunidade de explicar a dor como uma causa física relacionada a mudanças no sistema nervoso. A explicação pode melhorar a motivação do paciente para discutir a importância dos fatores psicossociais que contribuem para a manutenção da dor crônica. Contudo, o paciente típico quer soluções mais do que explicações. O presente artigo não resolve esse problema, mas dá um primeiro passo nessa direção ao descrever para o médico ou médico as bases do que dizer ao paciente, ou seja, como as alterações neurofisiológicas no seu sistema nervoso central explicam a dor que ele ou ela sentem. O uso do modelo de sensibilização central na prática clínica é esclarecido e ilustrado com um exemplo.

Leia mais »
CONHEÇA FIBRODOR, UM SITE EXCLUSIVO SOBRE FIBROMIALGIA
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o mini-ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas