Etiqueta: dor aguda

A dor crônica precisa ser mais entendida do que medida

A dor crônica precisa ser mais entendida do que medida

O presente artigo descreve uma visão alternativa da dor, em particular da dor crônica. Defende que a dor crônica deve ser entendida como um fenômeno separado, ao invés de uma extensão da dor aguda e interpretada como uma construção hipotética (HC). O anterior se baseia numa crítica da classificação numérica da dor, a métrica habitual e muitas vezes considerada como uma proxy para a experiência subjetiva da dor crônica. Essa definição de dor (crônica) tem um valor heurístico significativo. No entanto, a definição e os modelos que ela gerou tendem a encorajar a interpretação da dor como uma entidade mensurável e implica que a experiência de dor do paciente pode ser totalmente compreendida por outra pessoa que não a pessoa com dor. O que, segundo o autor do artigo, não reflete a realidade complexa da dor crônica. Disso se depreende a necessidade de interpretá-la como um construto hipotético, onde cabem dinamicamente muitas variáveis intervenientes (IV), interpelações e interpretações conforme o momento.

Leia mais »
Medicina da dor aguda

Medicina da dor aguda: isso existe?

Uma abordagem abrangente, multimodal e holística é fundamental para tratar a dor aguda, mas faltam caminhos clínicos uniformes e baseados em evidências para tanto. Nos Estados Unidos, um relatório elaborado por um painel de experts – o Acute Pain Medicine Shared Interest Group (MDASIG) da American Academy of Pain Medicine (AMDA) – descreve a situação e propõe soluções, entre elas a criação de uma Medicina da Dor Aguda. A sua prática deve adotar uma abordagem multimodal, holística, abrangente e multidisciplinar para o cuidado do paciente com dor aguda, reconhecendo que nenhum remédio único provavelmente oferecerá uma solução global.

Leia mais »
Quando a dor é “mista”

Quando a dor é “mista”? Perguntando se chega a Roma.

Pacientes com problemas de dor que ainda não são bem compreendidos, por exemplo, dor nociplástica ou dor mista, ainda correm um alto risco de ouvir que sua dor não é real ou que “está tudo na sua cabeça”. Uma avaliação metódica, bastante rápida e abrangente de um paciente com dor crônica – particularmente aquele que sofre de dor com componentes nociceptivos e neuropáticos – permite um tratamento direcionado. Na falta de uma causa notória para essas dores, o relato do paciente é essencial. Isso explica a preocupação com o médico ou médica fazer as perguntas certas durante a avaliação. O valor disso é duplo. Por um lado, usar as respostas como um fio condutor para traçar um diagnóstico (a confirmar por exames subsequentes, se for o caso); e por outro lado, estabelecer um vínculo afetivo com o paciente, amiúde decisivo para este acreditar no diagnóstico e se dispor a seguir o tratamento.

Leia mais »
Da dor aguda para a dor crônica

Como a dor aguda se torna crônica?

Desenvolver os caminhos e os determinantes de risco envolvidos na transição da dor aguda para a dor crônica é crucial para o desenvolvimento de estratégias de intervenção eficazes que podem prevenir, controlar ou até mesmo curar a dor crônica.

Leia mais »
Afinal, a dor serve a um propósito?

Afinal, a dor serve a um propósito?

O paciente com dor crônica faz bem em descobrir rapidamente que a sua dor não é uma dor aguda. Se assim fosse, poderia se esperar uma recuperação em questão de semanas a base de repouso inicial, fisioterapia, um ou outro analgésico (ou anti-inflamatório, quando muito) e fim, ferida cicatrizada e tudo (ou quase) voltando a ser como dantes. Essa expectativa de uma cura rápida e de pouco sacrifício, é equivocada no caso da dor crônica, que requer tratamento diferente ao anterior, até por não haver lesão aparente etc. Pior ainda, ela é contraproducente.

Leia mais »
A dor crônica em 4 rodas

A dor crônica em 4 rodas

Há certas teclas nas quais é impossível parar de bater. A diferença entre a dor aguda e crônica, por exemplo. A razão é simples: ignorá-la tem consequências ruins para um paciente com dor, e ela ainda está, sim, sendo ignorada no presente.

Leia mais »
A escala de catastrofismo relacionado a dor

A escala de catastrofismo relacionado a dor

A passagem da dor aguda para dor crônica já foi muito bem comentada no blog com o artigo Dor muscular, modelo de evitação do medo. Ele não é de todo comum – 1,5 em 10 pacientes – porém, como quase toda a humanidade tem dor aguda uma ou mais vezes na vida, faça as contas: o risco de “pegar” dor crônica ameaça muita gente. Inclusive você. Porém, como medir esse risco. Há um instrumento para isso chamado A Escala de Catastrofismo da Dor (The Pain Catastrophyzing Scale). A sua construção, enquanto instrumento de avaliação da tendência de uma pessoa ao catastrofismo relacionado à dor que sente, é apresentada nesse artigo.

Leia mais »
A dor crônica é pouco conhecida

Dor crônica, já ouviu falar?

Como é que alguém sofre dor persistente durante anos e não sabe o que isso é? Acontece com a dor crônica. Devido a sua complexidade e ao fato de amiúde ela parecer psicossomática, os profissionais da saúde ainda não a conhecem direito. Muito menos seus pacientes. Alguns dados talvez ajudem a reverter – ainda que minimamente – esse quadro.

Leia mais »
Crocodile Dundee e a cobra

Crocodilo Dundee e a Cobra – Parte 2

Uma imagem vale mil palavras. E uma imagem animada, contando uma história engraçada e, ao mesmo tempo, educativa no que se refere a como a dor hoje é vista pela neurociência, vale muito mais. Confira isso nesse video memorável do Dr. Lorimer Moseley.

Leia mais »
CONHEÇA FIBRODOR, UM SITE EXCLUSIVO SOBRE FIBROMIALGIA
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o mini-ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas