Etiqueta: diagnóstico

Artrite psoriática – Parte 2

Artrite psoriática – Parte 2

Semana passada eu apresentei a Parte 1 desse artigo-resumo sobre a artrite psoriática. Houve destaque para fatores de risco e sintomas. Essa Parte 2 se concentra no diagnóstico e no tratamento. Os nomes comerciais dos fármacos foram excluídos e podem ser vistos no artigo original.

Leia mais »
Fibrosintomas

Distinguindo a fibromialgia de outras doenças crônicas: o Fibrosintomas

Esse post é sobre o último de uma série de 4 vídeos sobre ferramentas online criadas por mim para facilitar a vida de pacientes com fibromialgia – ou que se imaginam portadores dessa síndrome. A atenção se volta agora para o FIBROSINTOMAS. Uma ferramenta online que ajuda o médico e o paciente a se assegurarem de obter um diagnóstico certo e em tempo razoável.

Leia mais »
Depressão maior

Depressão maior: como reconhecê-la? Como tratá-la?

Os sinais de depressão vão além da tristeza. Os sintomas do transtorno depressivo maior podem se manifestar como sentimentos de desesperança e irritabilidade para uma pessoa ou sentir-se realmente para baixo e exausto para outra. A depressão – que é um dos transtornos de humor mais comuns nos EUA – pode ser variada, embora tenha algumas características comuns. Resistir a crises ocasionais de tristeza é normal e simplesmente faz parte do ser humano, por isso nem sempre é fácil perceber quando se torna um problema persistente.

Leia mais »
Saber sobre fibromialgia pode evitar sofrimento

Saber sobre fibromialgia pode evitar um sofrimento que você não merece

Semana passada iniciei uma série de vídeos apresentando ferramentas digitais criadas para facilitar a vida de um paciente com fibromialgia. Três ferramentas, especificamente. Essa semana é a vez da primeira, o FIBROQUIZ, um jogo digital que testa o conhecimento da pessoa sobre fibromialgia e, de passagem, contribui a aprimorá-lo.

Leia mais »
Para quem pensa ter Fibromialgia

Para quem pensa ter Fibromialgia

Esse post apresenta um breve vídeo sobre 3 ferramentas que facilitam a vida de quem tem fibromialgia, ou pensa ser portador(a) dessa síndrome. Todas elas se propõem a facilitar a obtenção de um diagnóstico acertado de fibromialgia, num tempo razoável.

Leia mais »
Esclerose múltipla

O difícil diagnóstico da esclerose múltipla

Obter um diagnóstico de esclerose múltipla é um processo demorado, com várias etapas que frustram o paciente. Geralmente, os médicos tentam descartar outras condições de saúde primeiro, pois a esclerose múltipla (EM) pode ser confundida com outras condições, como enxaqueca. Por isso, o paciente estar bem informado sobre esses testes pode fazer grande diferença. Se você está procurando um possível diagnóstico de EM ou se tem um ente querido passando por isso, este guia o ajudará a aprender mais sobre a EM e o que vem a seguir em sua jornada. Isso irá deixá-lo(a) confiante de que você e seu médico(a) têm a situação sob controle.

Leia mais »
Perguntas-chave ao receber um diagnóstico

Perguntas-chave ao receber um diagnóstico

Erro de diagnóstico, de acordo com a definição proposta pela Society to Improve Diagnosis in Medicine (SIDM), é “qualquer diagnóstico errado, indevidamente atrasado, ou não realizado”. Nem todo erro diagnóstico pode ser imputado a imperícia do médico nem provoca danos imediatos ao paciente, porém seus efeitos a meio e longo prazo anulam qualquer estratégia de recuperação. Num país como o Brasil, todavia, o paciente típico no seu primeiro atendimento dispõe de 10 ou 15 minutos para garantir, ou ao menos aspirar a um diagnóstico bem feito. Por isso, ele ou ela precisam planejar cuidadosamente as perguntas a serem formuladas na ocasião. Esse post trata disso.

Leia mais »
Quando a dor é “mista”

Quando a dor é “mista”? Perguntando se chega a Roma.

Pacientes com problemas de dor que ainda não são bem compreendidos, por exemplo, dor nociplástica ou dor mista, ainda correm um alto risco de ouvir que sua dor não é real ou que “está tudo na sua cabeça”. Uma avaliação metódica, bastante rápida e abrangente de um paciente com dor crônica – particularmente aquele que sofre de dor com componentes nociceptivos e neuropáticos – permite um tratamento direcionado. Na falta de uma causa notória para essas dores, o relato do paciente é essencial. Isso explica a preocupação com o médico ou médica fazer as perguntas certas durante a avaliação. O valor disso é duplo. Por um lado, usar as respostas como um fio condutor para traçar um diagnóstico (a confirmar por exames subsequentes, se for o caso); e por outro lado, estabelecer um vínculo afetivo com o paciente, amiúde decisivo para este acreditar no diagnóstico e se dispor a seguir o tratamento.

Leia mais »
Sobre mim

Sobre mim

Quem é portador de uma dor crônica de difícil diagnóstico e tratamento, como a fibromialgia, vive procurando por soluções mágicas, no começo, e médicas, depois. Há opções mais amenas e menos caras, no entanto. Muito pode ser aprendido, refletindo sobre as histórias de outras pessoas enfrentadas a situações de saúde semelhantes. Tentativas frustradas, acertos às vezes fortuitos – a medicina não é uma ciência exata e o corpo humano pode ter reações surpreendentes – e lições deduzidas da experiência pessoal de A podem ser compartilhadas e beneficiar X, Y e Z. À diferença dos países de língua inglesa, no entanto, são raras as pessoas no Brasil dispostas a expor a história de uma vida sofrida por causa de uma dor que não acaba. Mais incomum ainda, quem possa fazê-lo com clareza e sentimento. A história que você vai ler a seguir, a primeira postada em três anos, é uma exceção. Aproveite-a.

Leia mais »
Fibromialgia em homens

Fibromialgia em homens

Costuma-se dizer que mais de 90% das pessoas com fibromialgia são mulheres, mas estudos mais recentes sugerem que fibromialgia em homens é muito mais comum do que se pensava anteriormente.

Leia mais »
Fibromialgia: da suspeita inicial ao diagnóstico

Fibromialgia: da suspeita inicial ao diagnóstico

A fibromialgia é caracterizada por vários sintomas e, em parte devido a isso, o seu diagnóstico é muito demorado. A demora tem várias explicações. Os pacientes, por exemplo, aguardam um período significativo de tempo antes de consultar um médico, aumentando o tempo prolongado para o diagnóstico e eventual tratamento. Muitos médicos, por outro lado, não conhecem, nem estão preparados para diagnosticar a fibromialgia conforme critérios considerados “oficiais” (ex. American College of Rheumathology). Investigar o assunto é um primeiro passo para enfrentar esse problema. Um problema nada pequeno, uma vez que a prevalência da fibromialgia no Brasil pode estar nos 5%, ou 11 milhões de portadores, a maioria mulheres. Este artigo resume resultados selecionados de uma pesquisa massiva sobre a problemática do diagnóstico da fibromialgia, abrangendo pacientes e seus médicos em 8 países.

Leia mais »
O que esperar numa primeira consulta sobre fibromialgia?

O que esperar numa primeira consulta sobre fibromialgia?

Desde a sua formulação em 1990, os Critérios Preliminares de Classificação da fibromialgia propostos pelo American College of Rheumatology foram a “regra d´ouro” na prática clínica. Ou na teoria, melhor dizendo, porque na verdade eles mereceram aceitação universal de cientistas e pesquisadores epidemiologistas, mas nem tanto dos clínicos. A maioria destes, sabe-se, nunca chegou a utilizá-los como previsto. Ao ponto que em 2009, na Alemanha, uma dezena de cientistas recomendou mudanças rapidamente aceitas, porém ainda não plenamente aplicadas, especialmente no atendimento primário. Este post, baseado no e-book “Tudo que você queria saber sobre FIBROMIALGIA e tinha medo de perguntar” Parte 2, comenta o que mudou.

Leia mais »
CONHEÇA FIBRODOR, UM SITE EXCLUSIVO SOBRE FIBROMIALGIA
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o mini-ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas