Artigos - by dorcronica.blog.br

Quais medidas de resultados para a fibromialgia podem ser aplicadas na prática clínica?

Quais medidas de resultados para a fibromialgia podem ser aplicadas

Este é o sexto post de uma série de sete, baseada numa revisão de artigos sobre as Diretrizes Canadenses de 2012 para o Diagnóstico e Tratamento da Síndrome de Fibromialgia, focando as mudanças na compreensão e tratamento da fibromialgia ocorridas desde os anos 90. Nesse post, especificamente, aborda-se as medidas de resultados aplicadas na prática clínica.

A série sobre Fibromialgia está composta de:

1 Como o diagnóstico da fibromialgia mudou? Ver post →
2 Como diagnosticar a fibromialgia? Ver post →
3 Como as novas evidências neurofisiológicas sobre a fibromialgia podem propiciar seu gerenciamento racional? Ver post →
4 Qual é a estratégia de tratamento ideal da fibromialgia? Ver post →
5 Quais são os tipos de tratamento indicados para a fibromialgia? Ver post →
6 Quais medidas de resultados podem ser aplicadas na prática clínica?  
7 Fibromialgia: ainda em busca de identidade médica Ver post →

Autor: Julio Troncoso

Em vista da diversidade de sintomas subjetivos entre os pacientes com fibromialgia, a medida mais significativa do resultado clínico não foi claramente definida. Os autores do estudo podem confundir o clínico ao escolher medidas individuais, como redução da dor, melhora do sono, fadiga ou qualidade de vida, para defender um tratamento específico. Embora questionários como o Fibromyalgia Impact Questionnaire, o Revised Fibromyalgia Impact Questionnaire, o Stanford Health Assessment Questionnaire e outros que medem a dor, o sono, a fadiga e a depressão tenham sido aplicados no ambiente de pesquisa, eles são geralmente complicados, sem um único questionário mostrando precisão ou validade para refletir as mudanças ao longo do tempo.123

A contagem de pontos dolorosos não é uma medição de resultado clinicamente relevante ou confiável e não deve ser usada.

O clínico precisa de uma ferramenta de medição simples e facilmente aplicável para uso na prática diária. Uma mudança no estado clínico medida por uma escala de Likert de 7 pontos (1 = muito pior, 7 = muito melhor) mostrou validade equivalente a questionários mais extensos e pode ser recomendada para uso clínico.4

Documentar as metas e níveis de realização do paciente é uma estratégia prática, com significado concreto. Levando em consideração a flutuação dos sintomas que tendem a persistir ao longo do tempo, não se deve esperar que o resultado em qualquer ponto seja finito.

Não deixe de conhecer os outros posts da série sobre Fibromialgia:

1 Como o diagnóstico da fibromialgia mudou? Ver post →
2 Como diagnosticar a fibromialgia? Ver post →
3 Como as novas evidências neurofisiológicas sobre a fibromialgia podem propiciar seu gerenciamento racional? Ver post →
4 Qual é a estratégia de tratamento ideal da fibromialgia? Ver post →
5 Quais são os tipos de tratamento indicados para a fibromialgia? Ver post →
6 Quais medidas de resultados podem ser aplicadas na prática clínica?  
7 Fibromialgia: ainda em busca de identidade médica Ver post →
Cadastre-se E receba nosso newsletter

Uma resposta

  1. Sinto mal estar tonturas dores nos ombros doreees no tronco as dores me levanta o meio da madrugada dores nas articulações de todos os dedos das mãos dores de cabeça
    As vezes enjoos remédio indicado chave ouro duoloxetina 60mg desfeitos colaterais devastador ansiedade sem apetite sem libido insônia e outros nais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA TUDO SOBRE VACINAS COVID-19
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas