Dor Crônica - by dorcronica.blog.br

Lyrica, o medicamento, e fibromialgia, a doença

Lyrica, o medicamento, e fibromialgia, a doença

Lyrica, um medicamento usado para tratar pacientes com convulsões, dor de herpes zoster e dor nos nervos de diabetes e lesões na medula espinhal, foi aprovado para tratar da fibromialgia pelo FDA americano em 2007. O medicamento parece oferecer uma esperança para aqueles que vivem com a dor da fibromialgia. Nesse post, uma descrição apurada desse medicamento visa ajudar o paciente com fibromialgia e os que cuidam de sua saúde a decidir se usá-lo ou não.

“É fácil obter mil receitas, mas difícil obter um único remédio.”

– Provérbio chinês

Em 2015, o fabricante postou o seguinte no site respectivo: “Em estudos clínicos, muitos pacientes que tomaram Lyrica têm menos dor de fibromialgia comparados aos que tomaram placebo (53% menos com Lyrica e 33% com placebo), portanto se sentem melhor e podem fazer mais coisas”. Fuçando mais demoradamente no site da Pfizer naquela época, porém, o ensaio clínico do Lyrica sugeriu uma performance analgésica menos entusiasmante.

Isso veremos mais adiante, no entanto. Agora convém traçar o perfil do Lyrica e tudo o que um portador de fibromialgia precisa saber sobre o seu uso no tratamento dessa doença, desde os benefícios do medicamento até seus efeitos colaterais. Para tanto, vou transcrever trechos de um post publicado no site WebMD em 2020.

O que é Lyrica?

Lyrica (pregabalina) não é um antidepressivo. Em vez disso, é uma droga que tem como alvo os sinais nervosos. O medicamento é usado há muito tempo para aliviar a dor nos nervos em pacientes com herpes zoster e neuropatia diabética. Também é usado no tratamento de convulsões parciais.

Como funciona o Lyrica?

Acredita-se que a dor da fibromialgia seja causada por alterações relacionadas aos nervos, que deixam a pessoa excessivamente sensível a estímulos que normalmente não são dolorosos.

Pesquisas laboratoriais sugerem que o Lyrica ajuda a diminuir o número de sinais nervosos e, como resultado, acalma as células nervosas excessivamente sensíveis. Isso parece aliviar a dor em pacientes com fibromialgia.

Qual a melhor dose de Lyrica?

Quando usado para a fibromialgia, Lyrica é uma cápsula que geralmente é tomada em doses divididas duas vezes ao dia. As doses variam de 150 miligramas a 450 miligramas por dia. O médico determinará a melhor dose para o paciente.

Uma revisão de artigos abrangendo 3.283 pacientes com fibromialgia mostrou que a dose mais eficaz do Lyrica é a de 450 mg. Ela reduz a dor em ao menos 50%

Você não deve parar de tomar este medicamento repentinamente. Isso pode causar dor de cabeçaestômago embrulhadodiarreia e dificuldades para dormir. Cabe ao médico dizer como reduzir lentamente a dose ao longo do tempo, se for o caso.

Os benefícios do Lyrica

Lyrica pode reduzir rapidamente a dor, melhorar o sono e ajudar algumas pessoas com fibromialgia a funcionar melhor e a voltar às suas rotinas diárias. Em estudos, alguns pacientes relataram significativamente menos dor após tomar Lyrica por apenas uma semana. Lyrica, no entanto, pode não ajudar todas as pessoas com fibromialgia.

  • Comentários de usuários referente ao Lyrica para tratar a fibromialgia.
  • Lyrica tem uma classificação média de 6,5 em 10 de um total de 303 classificações para o tratamento da fibromialgia. 53% dos revisores relataram um efeito positivo, enquanto 26% relataram um efeito negativo.

Efeitos colaterais de Lyrica

Quanto mais alta for a sua dose, maior será a probabilidade de você ter efeitos colaterais. Os efeitos colaterais mais comuns são:

  • Tontura leve a moderada
  • Sonolência

Outros efeitos colaterais comuns incluem:

Lyrica também pode dificultar a concentração e a atenção, o que pode tornar dirigir veículos ou operar máquinas.

Antes de tomar Lyrica

Medicamentos de venda livre, bem como ervas e suplementos devem ser comunicados ao médico.

Alguns medicamentos controlados interagindo com Lyrica podem causar efeitos colaterais perigosos:

  • Medicamentos para a pressão sanguínea chamados inibidores da ECA: tomar Lyrica com estes medicamentos aumenta a chance de inchaço e urticária.
  • Medicamentos para diabetes Avandia (rosiglitazona) ou Actos (pioglitazona): se você tomar esses medicamentos com Lyrica, poderá ter um risco maior de inchaço ou aumento de peso.
  • Medicamentos narcóticos para a dor (como oxicodona), medicamentos para ansiedade (como lorazepam ) e tranquilizantes: a combinação dessas drogas com Lyrica aumenta suas chances de tontura e sonolência.
  • Remédios para dormir fazem você cochilar e Lyrica pode causar sonolência. Combinar os dois pode ser perigoso.

Outras informações podem ser obtidas na bula do medicamento. Apenas cabe destacar que a pessoa fica muito sonolenta se beber e estiver sendo tratada com Lyrica; e que não é claro se Lyrica é seguro durante a gravidez ou se passa para o leite materno.

Eficácia do Lyrica

Agora sim, é o momento de inquirir sobre a eficácia do Lyrica em pacientes com fibromialgia.

No ensaio clínico antes mencionado, 36% dos participantes sequer o completaram, a maioria devido a efeitos adversos. Quanto a performance, em cada 10 pacientes, 4 reportaram uma melhora na dor, quase o mesmo número dos que tomaram placebo! Por fim, apenas 1 em cada 5 pacientes conseguiu experimentar ao menos 50% de redução na dor.

Quanto a performance do Lyrica no mundo real, um agregado de 302 pacientes com fibromialgia deu a ela recentemente um rating de 6.4 numa escala de efetividade analgésica de 1 (nenhuma) a 10 (muita) – 56% reportou um efeito positivo, e 26% o efeito oposto. Apenas 18% optou por avaliações intermediárias.1

Uma revisão publicada em 2016 descobriu que Lyrica foi moderadamente eficaz para 39% dos participantes do estudo que tomaram 300 mg por dia e 43% daqueles que tomaram 600 mg por dia. Por outro lado, 28% dos que tomaram um placebo tiveram o mesmo resultado.2

A mesma revisão, todavia, apontou evidências de alta qualidade de que o Lyrica (pregabalina) em doses diárias de 300 a 600 mg produz uma grande queda na dor em cerca de 1 em cada 10 pessoas com dor moderada ou intensa por fibromialgia. A redução da dor vem com melhorias em outros sintomas, na qualidade de vida e na capacidade de funcionar.

Os efeitos adversos comuns em pacientes que tomam pregabalina incluem sonolência, tontura, ganho de peso e edema periférico. A meta-análise demonstrou que aproximadamente 10% dos pacientes com fibromialgia não foram capazes de tolerar a medicação em doses que proporcionaram alívio moderado ou maior da dor em comparação com o placebo.3

Algumas pesquisas sugerem que os três medicamentos para fibromialgia aprovados pela FDA –  Lyrica, Cymbalta e Savella – são todos igualmente eficazes. Combinar duas drogas pode ser mais benéfico, no entanto. Um estudo de 2016 sugere que a combinação de Lyrica e Cymbalta pode ser mais eficaz do que qualquer uma das drogas isoladamente.4

Em suma, Lyrica não funciona para todas as pessoas com fibromialgia.

Nota do blog: Não temos qualquer interesse relacionado a medicamentos em geral, e ao Lyrica, ao Cymbalta ou ao Savella, em particular. O nosso propósito é exclusivamente informativo.

Fontes: “Lyrica for Fibromyalgia Treatment”, por Kelli Miller, revisado medicamente por David Zelman, MD, e “How Lyrica Works for Fibromyalgia”, por Adrienne Dellwo, revisado medicamente por Scott Zashin, MD.

Cadastre-se E receba nosso newsletter

Veja outros posts relacionados…

nenhum

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CONHEÇA FIBRODOR, UM SITE EXCLUSIVO SOBRE FIBROMIALGIA
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o mini-ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas