Especialistas debatem se a acupuntura pode aliviar a dor crônica

Especialistas debatem se a acupuntura pode aliviar a dor crônica

Recentemente, o sistema de saúde britânico que é público e financia o desenvolvimento de determinadas terapias alternativas, resolveu cortar o apoio financeiro dado à homeopatia. Uma situação parecida ocorreu o ano passado com a acupuntura. Veja o debate que houve em torno disso nesse artigo.

Análise por Bazian
Editado por NHS Website
Publicado em 8 de março de 2018

“O NHS gasta 25 milhões de libras em acupuntura a cada ano, apesar de especialistas dizerem que há evidências ‘insuficientes’ que ajudam a combater a dor”, relata o Mail Online.

Esta é sem dúvida uma manchete unilateral, uma vez que foi estimulada por dois artigos de opinião no BMJ revisado por pares, no qual um defensor da acupuntura e dois críticos da prática argumentam sobre seus respectivos casos.

Um pesquisador da Sociedade Britânica de Acupuntura Médica considera que a acupuntura é uma alternativa segura às drogas e está sendo pouco pesquisada devido à falta de interesse comercial. No entanto, dois pesquisadores da Universidade do Sul da Dinamarca argumentam que não há evidência convincente de benefício clínico e, por isso, os riscos potenciais do procedimento e os custos dos serviços de saúde são injustificados.

Para resumir, evidências que descrevem os benefícios da acupuntura existem, mas não são evidências fortes. Há também preocupações de que os efeitos positivos encontrados na pesquisa com acupuntura sejam apenas pequenos e, possivelmente, devido a um efeito placebo. Os participantes sabem quando estão recebendo (é uma intervenção não cega). Também, poucas pesquisas comparam a acupuntura ao tratamento usual ou a outras intervenções. O tratamento com acupuntura para dor lombar foi removido das diretrizes do NICE na atualização de 2016, porque não havia evidência confiável de que fosse melhor do que a acupuntura simulada (que usa agulhas rombas).

As diretrizes do NICE ainda recomendam a acupuntura para dores de cabeça e enxaquecas crônicas do tipo tensional.

O que é acupuntura?

A acupuntura é uma técnica de medicina complementar originária da medicina chinesa antiga. Ele usa agulhas finas que são inseridas na pele em pontos específicos, ao longo do que são consideradas linhas de energia.

É usada para o tratamento de condições físicas e mentais e tem sido usada em muitas clínicas gerais e clínicas de dor do NHS no Reino Unido.

Embora a acupuntura esteja às vezes disponível no NHS, a maioria dos pacientes de acupuntura paga pelo tratamento privado. Embora o NICE apenas recomende considerar a acupuntura como uma opção de tratamento para cefaleias e enxaquecas de tensão crônica, ela também é usada com frequência para tratar outras condições musculoesqueléticas, incluindo dor crônica, dor articular, dor dentária e dor pós-operatória.

Em muitas das condições em que a acupuntura é usada, há evidências limitadas de boa qualidade para tirar conclusões claras sobre sua eficácia em comparação com outros tratamentos.

Qual é a base para esses relatórios atuais?

Muitos médicos em países desenvolvidos recomendam a acupuntura para o tratamento da dor, mas o Reino Unido está reduzindo sua disponibilidade como tratamento financiado pelo NHS. O diretor médico da Sociedade Britânica de Acupuntura Médica acha que a remoção da acupuntura das diretrizes do NICE se deveu a uma má interpretação das evidências. Ele ainda aponta que, enquanto as diretrizes do NICE recomendam drogas antes da acupuntura para enxaquecas, uma revisão da Cochrane relata que a acupuntura é melhor. As revisões Cochrane envolvem pesquisadores que analisam os dados de diversos estudos relevantes.

O maior estudo que apoia o uso da acupuntura para dor crônica utilizou dados de pacientes individuais de 20.827 pacientes. Este estudo mostrou um benefício moderado para a acupuntura em comparação com os cuidados habituais, e efeitos menores foram encontrados para a acupuntura simulada. No entanto, este estudo não comparou a acupuntura a outras intervenções. Isso faria com que suas descobertas fossem mais confiáveis.

Em termos de recursos do NHS, a acupuntura requer mais pessoal médico e infraestrutura do que os tratamentos baseados em medicamentos. Para os pacientes que respondem bem, a acupuntura tem um risco menor a longo prazo do que os anti-inflamatórios não-esteroides. Também pode ser útil para a dor crônica em pacientes idosos que estão particularmente em risco de reações adversas a medicamentos.

Os dois professores da Universidade da Dinamarca são menos positivos sobre os pequenos efeitos benéficos da acupuntura. Eles sentem que depois de décadas de pesquisa, ainda não há evidências fortes e claras sobre os benefícios da acupuntura, ou informações suficientes sobre os possíveis danos deste tratamento. Embora considerada inofensiva, a acupuntura pode causar dor, hemorragias, infecção, pneumotórax (pulmão colapsado) e até a morte.

Argumenta-se que o dinheiro dos contribuintes poderia ser melhor utilizado para intervenções comprovadamente eficazes.

Como isso pode afetar você?

É improvável que um único artigo de opinião mude as diretrizes do NHS no fornecimento de acupuntura, então duvidamos que isso mude em um futuro próximo.

Mas a realidade é que a provisão de acupuntura do NHS é limitada. A maioria dos pacientes de acupuntura paga pelo tratamento privado. O custo da acupuntura varia muito entre os praticantes. No momento da redação, as sessões iniciais geralmente custam de £ 40 a 70 e as demais sessões de £ 25 a 60.

É pouco provável que esta interessante peça de debate mude a mente dos apoiadores ou críticos da acupuntura. Mas possivelmente destaca a necessidade de ensaios mais robustos e, idealmente cegos, sobre a eficácia da acupuntura.


Tradução livre de “Experts debate whether acupuncture can relieve chronic pain”

Veja outros posts relacionados...

nenhum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *