Ligas de Dor 6 - Dor Crônica - O Blog

Ligas de Dor 6


Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Ligas de Dor 6 – Afirmação 1 de 7.

Afirmação 1

O gênero influencia a percepção da dor.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

As mulheres relatam dor mais intensa, episódios mais frequentes, mais difusos anatomicamente e mais duradouros do que os homens com doenças semelhantes, mesmo quando desordens específicas para o sexo, como dor urológica masculina e ginecológica feminina, são excluídas da análise. Elas também apresentam maior frequência de dor de origem musculoesquelética ou visceral, assim como relacionada às doenças autoimunes. É mais provável irem ao médico e relatar dor como um sintoma, e requerer o uso mais frequente de analgésicos.

Afirmação 2

Lesões nos nervos podem produzir dor crônica neuropática.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

A definição de dor neuropática foi introduzida pela IASP (International Association for the Study of Pain), definida como “dor iniciada ou causada por uma lesão primária ou disfunção no sistema nervoso”, e revista mais recentemente como: “dor que se origina em consequência de uma lesão ou doença afetando o Sistema Nervoso Central e/ou periférico”.

Afirmação 3

A hipersensibilidade ao tato durante manipulação manual em locais distantes do local sintomático, pode sugerir, junto com outros testes, a presença de sensitização central.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Uma das principais características da sensitização central em pacientes com dor crônica é uma diminuição generalizada em vez de localizada no limiar da dor por pressão. “Generalizada” implica mais do que um espalhamento segmentar da área dos sintomas, na medida em que significa que a hipersensibilidade está localizada em locais segmentados e não relacionados à fonte primária de nocicepção (por exemplo, os membros inferiores em caso de traumatismo cervical).

Afirmação 4

O aumento progressivo de dor significa necessariamente maior dano orgânico.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Muitas vezes, os profissionais de saúde reconhecem uma falta de correlação significativa entre o dano tecidual e a dor ao longo do tempo, mas insistem em achar alguma forma de dano tecidual, como alterações degenerativas na coluna vertebral que possam indicar cirurgia. A suposição é de que não havendo dano tecidual, a dor não é real.

Afirmação 5

A educação em neurociência da dor é uma abordagem educacional que dispensa terapia manual para ter bons resultados quanto a diminuir a dor, o catastrofismo, e a incapacidade.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Acoplar terapia manual à educação em neurociência da dor pode atingir ou até superar as expectativas do paciente, bem como também aprimorar mapas corporais dentro do cérebro.

Afirmação 6

O chamado “cérebro emocional” reside no tronco cerebral localizado justo embaixo do ponto onde a espinha dorsal encontra o crâneo.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

As áreas do cérebro mais comumente ativadas por estímulos nocivos em estudos de imagem do cérebro humano são o córtex somatossensorial primário (S1), córtex somatossensorial secundário (S2), córtex cingulado anterior (ACC), ínsula, córtex pré-frontal (PFC), tálamo e cerebelo. A ativação neural nessas áreas é consistente com estudos anatômicos e eletrofisiológicos que mostram uma possível conectividade nociceptiva aferente para essas regiões. Outras regiões também mostraram ter entrada nociceptiva por meio de estudos anatômicos e eletrofisiológicos, e esses achados foram confirmados por estudos de imagens cerebrais. Essas regiões, que incluem o núcleo accumbens e a amígdala, provavelmente recebem estímulos nociceptivos por meio das projeções espinoparabraquial-amígdala, bem como o cinza periaquedutal (PAG).

Afirmação 7

Doença e síndrome significam o mesmo.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, doença é qualquer “ausência de saúde” acompanhada por alterações do estado de equilíbrio de uma pessoa em relação ao meio ambiente. Dessa forma, o termo “doença” engloba o prejuízo das funções da psique, de um órgão em específico ou do organismo como um todo. Uma síndrome é uma reunião de sintomas e sinais que estão associados a mais de uma causa. Ou seja, diferente do que acontece em uma doença, a sintomatologia das síndromes é inespecífica.

Próxima afirmação 1 de 7

Todas as 7 afirmações concluídas!


Quer mais coisas assim?

Receba o melhor material diretamente na sua caixa de entrada!
Não se preocupe, não fazemos spam

Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas