Coronavirus - by dorcronica.blog.br

Covid longa: calcule o (seu) risco de pegá-la

Covid Longa

Esse post integra uma série iniciada com o relato comovente de um portador de sequelas (long hauler), postado no mês passado. A Covid Longa já é uma realidade, no mundo e no Brasil. Ela se apresenta como uma série de sintomas diferentes sofridos por pessoas semanas ou meses após serem infectadas, algumas das quais não estavam particularmente doentes com o vírus. Esses sintomas afetam o corpo e a mente e podem se prolongar por meses a fio, senão durante anos. Este post apresenta provas contundentes de que a ameaça da Covid Longa, tanto para os brasileiros como para o sistema de saúde do país, é grave e iminente. No entanto, até hoje o establishment médico não parece preparado, ou sequer estar se preparando para enfrentá-la.

Um outro post, também publicado a alguns dias, resume tudo o que uma pessoa preocupada com sua saúde deveria saber sobre a Covid Longa.

“O circo sempre chega sem aviso”.

Erin Morgenstern

“Era para eu assinar um documento qualquer. Eu lembrava da minha assinatura e conseguia segurar a caneta na mão certa. Quase um mês depois de ter tido alta de um dos melhores hospitais do país, onde eu ficara… dias lutando contra a Covid-19. Eu via o papel, a minha mão, a caneta… tudo sob controle. No entanto, o desenho da assinatura não saia de jeito nenhum. A minha mente dizia: ‘Assina!’, e a mão nem tomava conhecimento. Ou entendia que devia fazer círculos, sem parar. A minha assinatura virou, enfim, um prato de espaguete. Sem meu consentimento. Impunemente.”

O relato é de um ex-diretor de multinacional, hoje consultor corporativo, o meu amigo de muitos anos. Esse post comenta a atual situação de pacientes que, como ele, pensaram ter se livrado da Covid… e erraram.

O impacto da Covid-19 na saúde mental recém começa a gerar artigos científicos e a ressonar na mídia. Muito tardiamente, em todo caso. Há um ano já era óbvio que a pandemia demoraria meses ou anos e que suas exigências comportamentais haveriam de estressar cronicamente muita gente.

A fatura psiquiátrica foi passada aos idosos que ficaram confinados longe da família; aos profissionais da saúde da linha de frente; aos casais estremecidos na pre-pandemia, que tiveram que se suportar mutuamente e acalmar filhos e filhas pequenos no ensejo; aos portadores de comorbidades, os primeiros na fila dos candidatos à intubação; e até aos integrantes de torcidas organizadas, vitimados diante da perspectiva de passar um domingo sem xingar nem bater em ninguém.

O establishment médico, porém, nem piscou. Não me consta que alguma associação ou sociedade médica, ou psiquiátrica, tenha advertido oficialmente as autoridades sanitárias a respeito do que, noutros países já era chamada de Quarta Onda – por sinal apontada nesse blog em setembro do ano passado.

Eu resolvi relembrar do assunto porque hoje está acontecendo o mesmo. Há uma parcela da população que apresenta os sintomas da Covid-19 que não para de crescer e está desassistida. Refiro-me aos portadores das sequelas (os long haulers), pessoas que experimentam sintomas muitas semanas ou até meses, depois de achar terem se livrado dela.

Inicialmente, pensou-se que distúrbios mentais advindos da experiência com a Covid-19 afetassem apenas idosos que sobreviveram à intubação. Poucos imaginaram que os sintomas da Covid-19 permanecessem depois da alta. Ou que aparecessem em alguns que sequer tinham tido sintomas da doença, ou ficado levemente doentes, ou pernoitado num hospital… semanas ou meses após “negativar” no teste de diagnóstico RT-PCR.12

E o que é a Covid Longa? Uma doença, ou síndrome, ou coisa parecida (ainda não há consenso nisso), caracterizada por uma miríade de possíveis sintomas que vão desde fadiga severa a Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), passando por mais de meia centena de outras possibilidades (Veja a ilustração no fim do post).

Deveríamos, você e eu, nos preocupar com ela?

Leia os quatro pontos seguintes e julgue por si mesmo(a):

  • Segundo a OMS (Europa), 1 em cada 10 pessoas continua sentindo-se doente doze semanas depois de ter contraído a Covid-19. Um trabalho anterior baseado em milhares de usuários do aplicativo Covid Symptom Study da empresa de tecnologia ZOE e King’s College London, sugeriu que uma em cada 20 pessoas pode apresentar sintomas que duram mais de oito semanas.
  • Muitos portadores de sequelas tiveram casos leves ou moderados de Covid-19 e não foram hospitalizados. Um terço deles apresenta sintomas da Covid Longa.3
  • Resultados preliminares de diversas pesquisas, realizadas em vários países, indicam que ao menos a metade dos sintomas que os portadores de sequelas sentem são psiquiátricos.
  • O número potencial de portadores de sequelas no Brasil já é significativo. Se 2% dos 13,5 milhões de brasileiros infectados com a Covid-19 contraírem a Covid Longa, como previsto pelo King´s College of London, temos 270 mil bípedes com chance de ir bater nas portas de um sistema de saúde já plenamente exaurido.

Curiosamente, a Covid Longa é um fenômeno epidemiológico, ou uma doença, que ainda não tem nome, especialidade médica responsável ou protocolos de diagnóstico e tratamento consensados por cientistas e médicos que a identifiquem. Ou seja, para efeitos práticos, é como se “aquilo” não existisse.

A Covid Longa é, no entanto, uma ameaça real à saúde pública – e a saúde mental de muita gente, especialmente – nos próximos anos. Estima-se que, no mundo, já haja 7 milhões de portadores, e a conta subindo a cada dia.

E quem é que está se preocupando, ou se ocupando, com isso atualmente no Brasil?

Se você souber de alguém, pode me desmentir, e até xingar à vontade. Mas faça-o por escrito e pelas redes sociais, para assim todo mundo saber com que assistência contar se for pego pela Covid Longa. Por enquanto, eu aposto que ninguém sabe.

Não deixe de ler o post recentemente publicado sobre as Evidências da Covid Longa.

LEMBRE-SE: use máscara
Cadastre-se E receba nosso newsletter

CONHEÇA FIBRODOR, UM SITE EXCLUSIVO SOBRE FIBROMIALGIA
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o mini-ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas