Vacinas 3


Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Vacinas 3 – Afirmação 1 de 20.

Afirmação 1

Quem já foi infectado com a Covid-19 deve receber a vacina.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Convém tomar a vacina porque a imunidade natural não se sabe quanto dura nem se é mais poderosa que a fornecida pela vacina. Porém, é aconselhável esperar 90 dias após a infecção antes de tomar a injeção.

Afirmação 2

As vacinas que o Brasil se apresta a comprar são todas igualmente eficazes em idosos.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

A eficácia da Pfizer-BioNTech, Fase 3, em adultos com mais de 65 anos de idade foi superior a 94% – equivalente às cifras de todos os grupos acima de 12 anos. Após a Fase 3, a Moderna e a Oxford-AstraZeneca dizem o mesmo sobre adultos acima de 56 anos, embora as amostras no caso tenham sido pequenas. Das outras vacinas, a Coronavac inclusive, nada foi publicado.

Afirmação 3

A CoronaVac se compara em eficácia às outras vacinas concorrentes.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

A CoronaVac, produzida pela Sinovac, tem eficácia levemente acima do mínimo de 50%. Ou seja, ela protege ao menos cinco de cada 10 pessoas que a tomarem, a mesma taxa mínima que o CDC americano e a ANVISA estabeleceram para autorizar vacinas nos EUA e no Brasil, respectivamente. As 4 vacinas americanas, a inglesa e a chinesa Sinopharm reportaram taxas de eficácia bastante superiores.

Afirmação 4

Um efeito colateral de uma vacina é o mesmo que um evento adverso.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Um evento adverso é diferente de um efeito colateral típico de uma vacina. As vacinas podem causar dor no local da injeção ou vermelhidão. Os eventos adversos são mais sérios e às vezes podem ser fatais.

Afirmação 5

Os menores de 16 anos receberão a vacina Covid-19 nos próximos meses.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

As crianças não foram incluídas nos testes em andamento para uma vacina Covid-19, em nenhum caso. A Pfizer recentemente apresentou um pedido de autorização de uso de emergência para vacinação até os 16 anos. A Moderna está prestes a iniciar um estudo semelhante. A AstraZeneca/Oxford tem aprovação para inscrever crianças de 5 a 12 anos em ensaios clínicos, mas ainda não inscreveu nenhuma criança em testes nos EUA. A Sinovac, fabricante da vacina Coronavac, anunciou que lançará as fases I e II de um teste clínico abrangendo mais de 500 crianças de 3 a 17 anos na China.

Afirmação 6

Se eu tomar uma vacina anti-Covid-19, o vírus pode me infectar e eu pegar a doença.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Uma vacina não causa a doença que visa bloquear. Assim como a vacina contra a gripe não causa a gripe. Você não pega o HPV com a vacina contra o HPV e assim por diante.

Afirmação 7

Assim que eu for vacinado vou ficar protegido da doença.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Quando você se vacina ocorre um processo chamado “seroconversão”, pelo qual seu corpo reconhece o conteúdo da vacina como um invasor e começa a intensificar seu ataque a esse invasor. Isso leva ao desenvolvimento de anticorpos que protegem do vírus e demora várias semanas. Se você tomar a vacina Covid-19 e logo depois for exposto ao vírus, ainda poderá desenvolver a doença – levando à percepção de que adquiriu a doença com a vacinação, o que é incorreto.

Afirmação 8

As vacinas anti-Covid-19 tornam a gente mais suscetível a outras doenças.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Elas não contêm vírus vivos que podem causar doenças. A própria infecção, sim, pode suprimir o sistema imunológico do hospedeiro e afetar negativamente a produção de anticorpos. Essas vacinas, ao contrário, aumentam a imunidade adaptativa, aquela adquirida após a exposição ao novo coronavírus.

Afirmação 9

A vacina é um risco maior do que contrair a doença; devemos deixar o vírus seguir seu curso naturalmente.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

A Covid-19 está a caminho de se tornar o principal assassino em doenças infecciosas no mundo em 2020, excedendo o número anual de mortes por HIV, tuberculose e malária. Ela mata 3 vezes mais que a gripe. “Permitir que o vírus siga seu curso “, como dizem os defensores da imunidade coletiva, exigiria milhões de novos casos e centenas de milhares de mortes, apenas nos Estados Unidos.

Afirmação 10

As vacinas Covid-19 devem conviver com as medidas preventivas (ex.: distanciamento social).

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Embora uma vacina seja a melhor maneira de prevenir que mais pessoas contraiam Covid-19, sejam internadas e eventualmente morram, as vacinas não dissiparão a pandemia com rapidez. Mesmo que todos no Brasil concordassem com a vacinação, o que não é o caso, ela não seria simultânea. E lembremos que nenhuma vacina será 100% efetiva contra o novo coronavírus. Portanto, todas as outras medidas preventivas, como o uso de máscara, o distanciamento social etc. precisarão valer até um número substancial de pessoas serem vacinadas.

Afirmação 11

Quem já teve reações alérgicas severas pode tomar a vacina anti-Covid-19.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Mas com cautela. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) indicam que aqueles com histórico de reações alérgicas graves, como anafilaxia a qualquer outra vacina ou terapia injetável, ainda podem receber a vacinação Pfizer Covid-19, mas devem falar com seu médico primeiro. Essas pessoas devem ser monitoradas por 30 minutos após a vacinação. Os fabricantes das vacinas Pfizer-BioNTech e Moderna sugerem não tomar a vacina se tiver tido uma reação alérgica grave a qualquer ingrediente da vacina, ou após uma dose anterior da vacina.

Afirmação 12

O risco de desenvolver uma reação alérgica após receber a vacina existe.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Das 112.807 pessoas vacinadas nos EUA na primeira semana de vacinação com a vacina da Pfizer, 3.150 (ou 2,97%) relataram sintomas após a vacinação que os impossibilitaram de realizar atividades diárias ou de trabalho. A maioria não requereu cuidados médicos. Seis pessoas desenvolveram uma reação alérgica grave chamada de anafilaxia, a maioria já tinha precedentes alérgicos severos.

Afirmação 13

A vacina CoronaVac protege contra as variantes até agora conhecidas.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

A CoronaVac é baseada em um vírus cultivado em um laboratório que, em seguida, é morto – ou “inativado”. A CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac e que está sendo aplicada no Brasil, é eficaz contra as três variantes do novo coronavírus que circulam no país: a britânica (B.1.1.7), a sul-africana (B.1.351) e a brasileira (B.1.1.28), da qual são derivadas as chamadas P.1 (de Manaus) e a P.2 (do Rio de Janeiro).

Afirmação 14

O mérito das vacinas anti-Covid-19 é o de evitar mortes.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Não se trata apenas de sobrevivência. Para cada pessoa que morre, há outras que sobrevivem, mas passam por cuidados médicos intensivos, e aquelas que sofrem efeitos duradouros sobre a saúde. Isso sobrecarrega o serviço de saúde, competindo com os recursos limitados para tratar pacientes com outras doenças e lesões. Ao focar na taxa de mortalidade como único mérito da vacina, perde-se o sentido da vacinação enquanto esforço da sociedade para proteger a si mesma.

Afirmação 15

Uma cepa viral é um vírus, tipo o coronavírus que apareceu na China.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Não. É uma linhagem, uma espécie de família de vírus com características genéticas comuns. Em agosto havia pelo menos 6 cepas (strains) no mundo. Na Europa e na Itália, a mais disseminada era a cepa G, enquanto a cepa L de Wuhan já estava desaparecendo gradualmente.

Afirmação 16

A “variante” de um vírus é uma doença.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Não. Ela é um vírus que sofreu mutações na sua estrutura genética.

Afirmação 17

O coronavírus apresenta muita variabilidade, ou seja, tem muitas mutações.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Cerca de sete mutações por amostra. A influenza comum tem uma taxa de variabilidade que é mais do que o dobro. Ele provavelmente já está otimizado para afetar seres humanos, o que explica sua baixa mudança evolutiva. Isso significa que os tratamentos que estão sendo desenvolvidos, incluindo uma vacina, podem dar conta de todas as cepas do vírus.

Afirmação 18

A variante do vírus descoberta no Reino Unido é perigosa.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Sim. Essa nova variante do coronavírus é significativamente mais transmissível que o vírus original. Só por isso, ela já é mais perigosa. Em janeiro já era responsável por mais de 60% dos novos casos de Covid-19 em Londres.

Afirmação 19

As vacinas protegem de variantes de vírus.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Sim. Por enquanto, as vacinas Pfizer-BioNTech, Moderna, Oxford-AstraZeneca e Sinopharm têm mostrado bons resultados preliminares nisso. As vacinas em geral, são adaptáveis à variantes. A tecnologia mRNA usada nas vacinas americanas é muito mais fácil de ajustar e atualizar do que a das convencionais. A Pfizer-BioNTech anunciou que pode se adaptar (em 6 semanas) para neutralizar a variante surgida no Reino Unido.

Afirmação 20

A vacinação em massa pode deflagrar mutações nas cepas do coronavírus.

1. Certo
2. Errado

Explicação:

Sim. A vacinação em massa força o vírus a se esforçar cada vez mais para achar hospedeiros. Ameaçado na sua sobrevivência, ele muda a fim de evitar o reconhecimento por parte de anticorpos.

Próxima afirmação 1 de 20

Todas as 20 afirmações concluídas!


Quer mais coisas assim?

Receba o melhor material diretamente na sua caixa de entrada!
Não se preocupe, não fazemos spam