Autor: Dor Crônica - O Blog

Sensibilização Central

Sensibilização central e dor crônica “inexplicada” – Parte 6

A sensibilização central é responsável pela dor crônica “inexplicável” em uma ampla variedade de distúrbios (ex.: dor lombar crônica, osteoartrite, fibromialgia, síndrome da fadiga crônica e cefaleia do tipo tensional crônica, entre outros). A Parte 1 deste artigo explicou a relação entre sensibilização central e a dor “inexplicável”; a Parte 2 abrangeu as opções farmacológicas como paracetamol, inibidores de recaptação de serotonina e norepinefrina; a Parte 3 continuou abordando a farmacoterapia com opioides, ligantes, bloqueadores e tramadol; a Parte 4 concentrou-se na reabilitação via estimulação magnética transcraniana; a Parte 5 abordou outras opções terapêuticas não-farmacológicas. Esta Parte 6, descreve combinações terapêuticas que visam tratar a sensibilização central ainda envolvendo medicação.

Leia mais »
Obesidade e dor crônica

Obesidade e dor crônica: como desativar essa bomba

A relação entre excesso de peso e dor crônica é de duas mãos: a obesidade comórbida é comum em condições de dor crônica e as queixas de dor são comuns em indivíduos obesos. Disso se depreende que a perda de peso para pacientes obesos com dor é um fator-chave no controle e alívio da dor crônica, especialmente se musculoesquelética.

Leia mais »
Ansiedade

Ansiedade: como controlá-la – Parte 3

Para muitas pessoas exageradamente ansiosas, um tratamento médico não é necessário. Mudanças no estilo de vida podem ser suficientes para lidar com os sintomas da ansiedade. Em casos moderados ou graves, no entanto, é diferente. Os dois principais tratamentos para transtornos de ansiedade são psicoterapia e medicamentos, separados ou combinados. A questão é: quem define isso?

Leia mais »
Covid-19 pelo mundo afora: 03-10-21

Covid-19 pelo mundo afora: 03-10-21

Veja as últimas notícias sobre a pandemia Covid-19 no Brasil e pelo mundo afora. Por aqui, a Defensoria Pública pede R$ 60 milhões ao Conselho Federal de Medicina por aval ao uso de cloroquina contra a Covid-19.

Leia mais »
O burnout do paciente

O burnout do médico? Não, o burnout do paciente

Em tempos de pandemia é natural associar a palavra “médico” com a palavra “esgotamento”. Nada mais apropriado. Porém isso inadvertidamente ofusca, ou até oculta, a situação do paciente que carrega uma doença ou uma dor crônica. Esse indivíduo também vive esgotado. É o burnout. Essa condição de esgotamento se agrega à doença e/ou à dor que ele ou ela já tem – pior ainda, provavelmente a agrava – e, no entanto, a medicina clínica a vê como um detalhe subjacente, sem significância por si mesma.

Leia mais »
Sensibilização Central

Sensibilização central e dor crônica “inexplicada” – Parte 5

A sensibilização central é responsável pela dor crônica “inexplicável” em uma ampla variedade de distúrbios (ex.: dor lombar crônica, osteoartrite, fibromialgia, síndrome da fadiga crônica e cefaleia do tipo tensional crônica, entre outros). A Parte 1 deste artigo explicou a relação entre sensibilização central e a dor “inexplicável”; a Parte 2 abrangeu as opções farmacológicas como paracetamol, inibidores de recaptação de serotonina e norepinefrina; a Parte 3 continuou abordando a farmacoterapia com opioides, ligantes, bloqueadores e tramadol; a Parte 4 concentrou-se na reabilitação via estimulação magnética transcraniana. Esta Parte 5 aborda outras opções terapêuticas não-farmacológicas.

Leia mais »
Ansiedade

Ansiedade: como controlá-la – Parte 2

A pandemia elevou a ansiedade a um nível epidêmico também. Noutros países e no Brasil nota-se já uma afluência anômala de consultas a psicólogos e psiquiatras, envolvendo transtornos de ansiedade apresentados por adultos e crianças. Não existem, todavia, testes de laboratório ou varreduras que possam diagnosticar transtornos de ansiedade. A Parte 1 desse artigo foi publicada há uma semana. Esse de hoje, o segundo de uma série baseada no artigo “Diagnóstico e Tratamento atuais de Transtornos de Ansiedade”, trata dessa complicação.

Leia mais »
Alívio Mulher: do Brasil para o mundo

Alívio Mulher: do Brasil para o mundo

Nessa semana, eu vou logo avisando, fui seduzido pelo fascínio da autoadmiração. Como eu me amo! É que o aplicativo Alívio Mulher acaba de atingir 50 mil downloads no Brasil. Traduzido ao inglês e ao espanhol, também já foi baixado por mais 10 mil mulheres em vários outros países americanos e europeus.

Leia mais »
Sensibilização central

Sensibilização central e dor crônica “inexplicada” – Parte 4

A sensibilização central é responsável pela dor crônica “inexplicável” em uma ampla variedade de distúrbios (ex.: dor lombar crônica, osteoartrite, fibromialgia, síndrome da fadiga crônica e cefaleia do tipo tensional crônica, entre outros). A Parte 1 deste artigo explicou a relação entre sensibilização central e a dor “inexplicável”, a Parte 2 abrangeu as opções farmacológicas como paracetamol, inibidores de recaptação de serotonina e norepinefrina, a Parte 3 continuou abordando a farmacoterapia com opioides, ligantes, bloqueadores e tramadol. Esta Parte 4 concentra opções de reabilitação não-farmacológicas potencialmente visando a sensibilização central (ex.: estimulação magnética transcraniana).

Leia mais »
Fale com o seu cérebro para gerenciar a dor

Fale com o seu cérebro para gerenciar a dor

A primeira vez que ouvi essa recomendação: “Fale com seu cérebro”, como um dos recursos para aliviar uma dor crônica… eu nem sabia que a dor era igual a mãe, tinha uma só; que podia ser curada por completo, ao invés de aliviada mentalmente; e que “neurociência” devia ser um sinônimo de “ciência neurótica”, ou “ciência para neuróticos”, ou mais ou menos isso. Eu estava errado em tudo. Portanto, poupe-se de cometer o mesmo erro que eu cometi e não dispense o artigo a seguir por causa do título extravagante. Ele não é. Ao contrário, é uma forma fácil de entender que para autogerenciar uma dor crônica é preciso fazer coisas nunca imaginadas: como falar com o próprio cérebro.

Leia mais »
Covid longa: o estado da arte

Covid longa: o estado da arte

Um ano e meio após o início da pandemia, os efeitos de longo prazo da infecção de SARS-CoV-2 estão atraindo mais atenção da pesquisa à medida que milhões de pacientes com Covid-19 surgem. Esse post reproduz trechos de uma matéria do site The Scientist, que no conjunto expressam o esforço multinacional em curso para lidar futuramente com essa doença em nível mundial, onde a sua irrupção é tida como inevitável. São diversas linhas de pesquisa inspiradas na convicção humilde de que no momento as principais dúvidas sobre a Covid Longa – O que o causa? Quem é mais susceptível? Por que é tão difícil compreendê-la? – ainda não estão plenamente esclarecidas.

Leia mais »
Ansiedade

Ansiedade: como controlá-la – Parte 1

A ansiedade é hoje, no Brasil e no mundo, a doença mental mais prevalente – disputando no podium com a depressão. Se não for tratada, a ansiedade geralmente funciona como um distúrbio de “porta de entrada” para situações médicas muito piores. O isolamento que ela incentiva leva ao abuso de drogas e álcool e, às vezes, à depressão. Além disso, com o passar do tempo, a ansiedade extrema fortalece doenças crônicas e dores crônicas. O seu tratamento rápido, portanto, não é mais uma recomendação médica de segunda ou terceira ordem, e sim imperativa. O principal objetivo do artigo a seguir é descrever as opções de tratamento ora disponíveis, mas há muito mais nele capaz de interessar a médicos e pacientes.

Leia mais »
SAIBA TUDO SOBRE VACINAS COVID-19
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas