Autor: Dor Crônica - O Blog

Dor no pescoço: a dor crônica que só perde para a dor lombar

Dor no pescoço: a dor crônica que só perde para a dor lombar

Seis terapias integrativas – tai chi, qi gong, ioga, acupuntura, atenção plena e biofeedback – estão sendo chamadas a aliviar as seis dores crônicas mais prevalentes no mundo: fibromialgia, dor de cabeça, dor lombar, dor no pescoço, osteoartrite e artrite reumatoide. No post de hoje, o foco é a Dor no Pescoço.

Leia mais »
SCAD: ignorar o que é, pode custar a (sua) vida

SCAD: ignorar o que é, pode custar a (sua) vida

Há um problema cardíaco que pode causar morte súbita se não for diagnosticado e tratado imediatamente. É justamente isso que está acontecendo na América do Norte, onde atualmente é a principal causa de morte por motivo cardiológico entre as mulheres com menos de 50 anos. Detalhe: até muito pouco tempo pensava-se que aquilo era muito incomum, ao ponto de pouquíssimos médicos se preocuparem em saber o que fazer em caso do distúrbio se apresentar. O que será? Informe-se nesse artigo pautado em matéria da Clínica Mayo.

Leia mais »
O que é saúde mental? Os fatores de risco

O que é saúde mental? Os fatores de risco

Embora nós, leigos em medicina, usemos o termo “saúde mental” o tempo todo, pouquíssimos estaríamos habilitados a definir o que é “isso”. Preferimos o conforto de decretar que “saúde mental” está associada a transtornos mentais, sempre. E não é assim, pode ser exatamente o oposto. Os médicos, por sua vez, frequentemente usam o termo “saúde mental”, para caracterizar um paciente ansioso ou “difícil”, candidato a tratamento especializado. Especializado em quê? Ora, em saúde mental, um território onde a maioria dos médicos não se aventura – mesmo reconhecendo que muitos distúrbios psicológicos têm raízes físicas. Este artigo explica o que as pessoas, leigos e profissionais da saúde, deveriam querer dizer com saúde mental e doença mental. E para não fugir da escrita, ou da expectativa da plateia, também são descritos os tipos mais comuns de transtornos mentais, incluindo seus primeiros sinais e como tratá-los.

Leia mais »
A sua dor é crônica

A sua dor é crônica? Sair dessa é com você mesmo

A dor crônica está literalmente levando à falência os Sistemas de Saúde de países desenvolvidos. No Reino Unido, no Canadá e na Austrália, a palavra de ordem é “autogerenciamento”. Ou seja, fazer de tudo para o paciente crônico assumir a responsabilidade pelo seu tratamento.

Leia mais »
Fibrosintomas

Distinguindo a fibromialgia de outras doenças crônicas: o Fibrosintomas

Esse post é sobre o último de uma série de 4 vídeos sobre ferramentas online criadas por mim para facilitar a vida de pacientes com fibromialgia – ou que se imaginam portadores dessa síndrome. A atenção se volta agora para o FIBROSINTOMAS. Uma ferramenta online que ajuda o médico e o paciente a se assegurarem de obter um diagnóstico certo e em tempo razoável.

Leia mais »
O placebo como analgesia

Placebo como analgesia: entendendo os mecanismos

Até pouco tempo atrás o placebo era considerado algo assim como o filho bastardo da farmacologia experimental, aquela focada em testes de possíveis novas drogas. Voluntários recebiam estímulos (ex.: comprimidos, injeções etc.) de verdade e de mentira. Obviamente, se uma proporção considerável dos primeiros reagisse parecido com os segundos, a droga testada era jogada no lixo – junto com dezenas de milhões investidos no invento. Obviamente, porque como é possível alguém se curar ou se sentir mais aliviado de um distúrbio físico ou mental por obra e graça de um comprimido de açúcar? Pois ocorre que isso é possível. A neurociência tem comprovado que o poder de sugestão – e de autossugestão – embora etéreo, transita pelas vias neurais como se algo real estivesse acontecendo. O placebo exerce assim formidável influência sobre o pensamento e o comportamento, e por isso hoje é considerado pela ciência da saúde como um filho pródigo e não mais um bastardo.

Leia mais »
Como medir a intensidade da dor crônica?

Como medir a intensidade da dor crônica?

Uma vez que a dor é muito subjetiva, não existe uma ferramenta de medição direta para avaliar a intensidade e o sofrimento da dor. É essencial para os médicos que tratam da dor crônica avaliar a dor usando marcadores indiretos. Uma ferramenta simples e eficaz ajudaria a otimizar a prática clínica e os resultados do tratamento para os pacientes. Esse artigo descreve a proposta de uma equipe de médicos-pesquisadores da Penn State Hershey Medical Center (EUA).

Leia mais »
Varíola dos macacos

Varíola dos macacos: a quem afeta e de que maneira

Um grupo colaborativo internacional de médicos – Inglaterra, Canadá, França, Israel, Bélgica, Holanda, Bolívia, Alemanha e Espanha – juntou uma série internacional de mais de meio milhar de casos para descrever a apresentação, o curso clínico e os resultados de infecções pelo vírus da varíola dos macacos confirmadas por reação em cadeia da polimerase. Esse post resume os principais resultados e conclusões desse estudo recém-publicado no New England Journal of Medicine, o primeiro e mais completo no seu gênero.

Leia mais »
Lombalgia aguda para dor crônica

Transição da lombalgia aguda para crônica: uma perspectiva biopsicossocial

A dor lombar (lombalgia) é a condição musculoesquelética mais cara e mais comum em países industrializados. É necessário estudar os fatores que levam à cronicidade e os preditores clínicos que podem ser usados ​​para alertar os médicos contra a condição se tornar crônica. Este artigo explora esses preditores, bem como as crenças e percepções dos profissionais sobre esses fatores.

Leia mais »
Depressão maior

Depressão maior: como reconhecê-la? Como tratá-la?

Os sinais de depressão vão além da tristeza. Os sintomas do transtorno depressivo maior podem se manifestar como sentimentos de desesperança e irritabilidade para uma pessoa ou sentir-se realmente para baixo e exausto para outra. A depressão – que é um dos transtornos de humor mais comuns nos EUA – pode ser variada, embora tenha algumas características comuns. Resistir a crises ocasionais de tristeza é normal e simplesmente faz parte do ser humano, por isso nem sempre é fácil perceber quando se torna um problema persistente.

Leia mais »
Dor lombar não específica. Ou não explicada?

Dor lombar não específica. Ou não explicada?

A dor lombar não específica tem conotações epidêmicas em países desenvolvidos tais como EUA, Reino Unido, Alemanha, Austrália… e provavelmente também no Brasil. Em 1997, na Alemanha, diversas entidades médicas (ex.: Associação Médica Federal – BÄK, Associação Nacional de Médicos Estatutários de Seguro de Saúde – KBV, Associação de Sociedades Médicas Científicas – AWMF), se uniram na publicação de um guia médico prático sobre o tema: o German Disease Management Guideline. Esse documento, muito minucioso, foi atualizado em agosto de 2017. Ele contém muitos novos elementos. Entre outras coisas, os fatores psicossociais e relacionados ao local de trabalho recebem mais ênfase, vários procedimentos de imagem são desencorajados e recomenda-se uma avaliação multidisciplinar precoce.

Leia mais »
CONHEÇA FIBRODOR, UM SITE EXCLUSIVO SOBRE FIBROMIALGIA
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o mini-ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas