Autor: Dor Crônica - O Blog

Dor crônica – Por que a ciência tem pouco socorro a oferecer

Dor crônica – Por que a ciência tem pouco socorro a oferecer para uma em cada cinco pessoas?

Este post comenta um livro – “The Song of our Scars: The Untold Story of Pain”, de Haider Warraich (2022) – sobre a maneira em que hoje a medicina trata a dor humana – a dor crônica, especialmente. Eu li o tal livro e o comentário me parece injusto. Faz pouco ou releva as denúncias de um paciente com dor crônica musculoesquelética, que providencialmente também é médico – e assim pode opinar sobre o tema de dentro e de fora. Warraich aponta o dedo para paradoxos médicos gravíssimos, como o de a mulher sentir mais dor que o homem e, no entanto, receber menos atenção da medicina do que este; ou o fato de o tratamento medicamentoso prescrito primariamente para portadores de dor aguda e de dor crônica ser semelhante. Nós, pacientes leigos, somos todos vitimados diariamente por esses paradoxos que o sistema médico deixa rolar impunes. O post vale a pena por trazê-los à tona, e não pelo que a sua autora critica.

Leia mais »
THCP e CBDP os dois novos canabinoides

Conheça THCP e CBDP: estudo revela a identificação de dois novos canabinoides

A cannabis é um presente botânico inesgotável. À medida que a pesquisa sobre a cannabis aumenta, a complexidade química e o potencial da planta estão se tornando cada vez mais aparentes. À beira de 2020, um grupo de pesquisadores italianos anunciou a descoberta de dois novos canabinoides: o THCP (tetrahidrocanabiforol) e o CBDP (canabidiforol). Se os nomes parecem familiares ao THC e ao CBD, é porque eles são semelhantes em estrutura e função. Publicado recentemente na revista Scientific Reports, o estudo descreve a descoberta de um canabinoide até então desconhecido.

Leia mais »
Drogas psicodélicas para transtornos mentais crônicos

Drogas psicodélicas no tratamento de transtornos mentais crônicos

Nos anos 60, um psicólogo e um poeta lançaram ao mundo a chamada geração beat, que encantou os hippies e The Beatles. O movimento se caracterizava pelo uso de um alucinógeno, o LSD. O uso dessa droga ainda é ilegal, não assim a busca de uma solução para problemas de saúde mental ainda não resolvidos pelas drogas convencionais, e que afetam milhões de pessoas em todo o mundo. A perda de consciência momentânea propiciada por drogas psicodélicas pode ter propriedades terapêutica, afirmam alguns cientistas à frente de laboratórios de universidades de ponta americanas. Paralelamente, mais de uma centena de empresas privadas desenvolvem pesquisas próprias ou associadas, de olho em descobertas com potencial de vir a ser um novo Prozac.

Leia mais »
Entenda porque com humor dói menos

Entenda porque com humor dói menos

Meses atrás inclui 7 cartuns no espaço do blog chamado Galeria, que hospeda imagens e textos pelos quais um profissional da saúde pode educar seu paciente na dor e seu gerenciamento. Agora há outras duas iniciativas recém implantadas: 4 ebooks, cada um contendo 30 cartuns sobre temas relacionados ao cotidiano de um paciente com dor, e que serão agregados progressivamente ao blog. Veja o ebook 1 clicando aqui, e o ebook 2, fresquinho, publicado nesta semana. E também um cartum ou uma tira cômica quinzenal a ser postada na home do blog. E como nada cai do céu, veja a seguir as minhas razões.

Leia mais »
Definindo o papel da terapia cognitivo-comportamental no tratamento da dor lombar crônica: uma visão geral – Parte 1

Definindo o papel da terapia cognitivo-comportamental no tratamento da dor lombar crônica: uma visão geral – Parte 1

Em geral a eficácia da Terapia Cognitivo Comportamental no tratamento de cada uma das variáveis que afetam a Dor Lombar Crônica é inquestionável. No entanto, isso não parece estar claro para os médicos que bem poderiam aplicá-la ou prescrevê-la mais amplamente. Este artigo, dividido em duas partes, oferece uma visão panorâmica dessa terapia no intuito de mostrar que ela está ao alcance desses profissionais, se interessados em tratar o paciente como um todo, e não apenas da sua doença.

Leia mais »
Você tem fibromialgia? E será que tem mesmo?

Você tem fibromialgia? E será que tem mesmo?

Atualmente há evidências claras, colhidas e divulgadas por cientistas de ponta, de que a maioria dos casos clínicos de fibromialgia nos EUA não atinge os níveis de gravidade considerados diagnósticos. (Leia-se, os critérios diagnósticos clínicos não permitem diagnosticar com precisão.) Em vez disso, uma pessoa portar fibromialgia depende mais da sua persona psicossocial, do que dos sintomas biológicos que ela apresenta. Isso, claro, no Grande País do Norte. E por que no Brasil seria diferente?

Leia mais »
A neurociência do mindfulness

A neurociência do mindfulness

A prática do mindfulness faz perceber mais informações em tempo real, o que, por sua vez, gera mais tolerância e flexibilidade ao responder ao ambiente. Você também se torna menos aprisionado pelo passado, seus hábitos, expectativas ou suposições, e mais capaz de responder aos eventos à medida que eles se desdobram. E do que você precisa para essa prática conseguir resultados à altura do que promete?

Leia mais »
Humor para dor crônica: o que propomos

Humor para dor crônica: o que propomos

A cada mês por 4 meses, um novo ebook contendo mais de 30 cartuns estará acessível no blog. Todos eles são relacionados à vivência de pacientes com dor crônica em contato com o sistema de saúde que supostamente cuida dele(a)s (ex.: atendimento médico, exames de imagem, comportamento dos pacientes etc.). Todos visam educar as pessoas em dor. Humor e dor crônica? Veja as minhas razões aqui.

Leia mais »
Dor musculoesquelética crônica primária

Dor musculoesquelética crônica primária: um novo conceito de dor regional não estrutural

O conceito de que uma dor musculoesquelética regional pode ocorrer na ausência de anormalidade tecidual identificável pode ser intrigante. Anteriormente, essas queixas regionais eram geralmente categorizadas como síndromes de dor miofascial, ou antes da formalização do conceito de dor nociplástica, como dor musculoesquelética com componente neuropático, e os tratamentos eram focados anatomicamente. A dor musculoesquelética primária crônica agora é identificada na categoria de dor primária crônica com o descritor mecanicista de dor nociplástica. Qual é a importância disso? Eis o que artigo a seguir procura responder.

Leia mais »
Objetivos do tratamento da dor crônica: médico e paciente

Objetivos do tratamento da dor crônica: médico e paciente pensam igual?

Suponha que você consulta seu médico de estimação e aí pelas tantas descobre que ele quer colocar você para fazer exercício e você só quer é se livrar da dor. Como você se sente diante desse “impasse clínico”? E como o seu médico ou médica se sente? Será que a dissonância entre vocês prejudica o seu tratamento da dor? Ou conviria a você encarar a situação de frente, mesmo isso parecendo ser “politicamente incorreto”? Ou seria esperado que o médico o fizesse, mesmo arriscando perder você como paciente/cliente? Essas questões são trazidas à tona pelo artigo a seguir, relatando uma pesquisa envolvendo 84 consultas médicas.

Leia mais »
A dor crônica precisa ser mais entendida do que medida

A dor crônica precisa ser mais entendida do que medida

O presente artigo descreve uma visão alternativa da dor, em particular da dor crônica. Defende que a dor crônica deve ser entendida como um fenômeno separado, ao invés de uma extensão da dor aguda e interpretada como uma construção hipotética (HC). O anterior se baseia numa crítica da classificação numérica da dor, a métrica habitual e muitas vezes considerada como uma proxy para a experiência subjetiva da dor crônica. Essa definição de dor (crônica) tem um valor heurístico significativo. No entanto, a definição e os modelos que ela gerou tendem a encorajar a interpretação da dor como uma entidade mensurável e implica que a experiência de dor do paciente pode ser totalmente compreendida por outra pessoa que não a pessoa com dor. O que, segundo o autor do artigo, não reflete a realidade complexa da dor crônica. Disso se depreende a necessidade de interpretá-la como um construto hipotético, onde cabem dinamicamente muitas variáveis intervenientes (IV), interpelações e interpretações conforme o momento.

Leia mais »
Cannabis e osteoporose

Cannabis e osteoporose: a aposta no futuro

A lista de benefícios potenciais da maconha para a saúde não para de crescer. Recentemente, surgiram evidências sugerindo que a administração de canabidiol (também conhecido como CBD), o composto não psicotrópico canabinoide encontrado na cannabis, ajuda na cicatrização de fraturas ósseas.

Leia mais »
CONHEÇA FIBRODOR, UM SITE EXCLUSIVO SOBRE FIBROMIALGIA
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o mini-ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas