Artigos - by dorcronica.blog.br

A dor nas costas é uma epidemia?

A dor nas costas é uma epidemia?

Nos países mais avançados do Ocidente, há muitas evidências de que a dor está associada a uma série de consequências deletérias, como redução da qualidade de vida, aumento do risco de outras comorbidades de saúde física e aumento dos custos de saúde. Algumas delas sugerindo uma associação entre a saúde mental precária e a dor nas costas (ou a lombalgia). Recentemente, um estudo de grande porte, o primeiro em seu gênero, confirma esse achado em países de baixa e média renda, entre eles, o Brasil. O artigo a seguir apresenta seus destaques.

“Tecnicamente ainda sou jovem, mas de acordo com minhas dores nas costas, na verdade tenho 97 anos.”

– Anônimo

Pode ser. Segundo um macroestudo abrangendo quase 200 mil pessoas em 43 países de média e baixa renda, incluindo o Brasil, sugere exatamente isso.

Outros países do estudo foram Índia, Uruguai, Equador, África do Sul, Hungria, República Checa, Rússia… A lista completa pode ser vista aqui.

A dor nas costas é uma das principais causas de incapacidade em todo o mundo. Na verdade, causa mais incapacidade global do que qualquer outra condição.

De acordo com o estudo Global Burden of Disease, a dor lombar – parte inferior das costas – afeta quase 1 em cada 10 pessoas.

Há também uma grande quantidade de evidências de que a dor nas costas prejudica negativamente a qualidade de vida e aumenta o risco de outros problemas de saúde física. Além disso, ele vem com custos de saúde (públicos) substanciais.

Um estudo anterior digno de nota usou dados da Pesquisa Mundial de Saúde Mental e descobriu que a dor crônica nas costas ou no pescoço estava associada ao aumento do risco de transtornos de humor, abuso de álcool e transtornos de ansiedade.

Apesar de sua alta prevalência, pouco trabalho foi feito para investigar as ligações da dor nas costas com os resultados de saúde mental em países de baixa e média renda.

O maior estudo de saúde mental sobre dor nas costas até hoje

O mais recente e maior estudo para investigar as conexões entre dores nas costas e doenças psicológicas em países de baixa e média renda foi publicado esta semana na revista General Hospital Psychiatry.

A equipe de pesquisa – liderada pela Profa. Patricia Schofield e Dr. Brendon Stubbs da Universidade Anglia Ruskin, no Reino Unido – coletou dados de 190.595 indivíduos com 18 anos ou mais em 43 países, tornando-se o maior estudo desse tipo. Dos 43 países, 19 eram de baixa renda e 24 de média renda.

A equipe utilizou dados da Pesquisa Mundial de Saúde 2002-2004, um projeto criado pela Organização Mundial da Saúdel (OMS) para “gerar informações sobre a saúde de populações adultas e sistemas de saúde”.

Destaques

  • A dor nas costas afetou 35,1% da população e 6,9% relataram dor crônica nas costas. Dos países investigados, os níveis de dor nas costas da China foram os mais baixos, com 13,7%.
  • Em alguns países, mais da metade dos entrevistados relatou dores nas costas; o Nepal foi o mais alto, com 57,1%. Da mesma forma, 53,1% dos bengaleses relataram dores nas costas, assim como 52% das pessoas do Brasil.
  • A prevalência geral de qualquer dor nas costas e de dor crônica nas costas foi de 35,1% e 6,9%, respectivamente.
  • Associações significativas com qualquer dor nas costas foram observadas para:
    • Depressão subsindrômica
    • Episódio depressivo breve
    • Episódio depressivo
    • Diagnóstico de psicose com sintomas
    • Ansiedade
    • Distúrbio do sono
    • Sensibilidade ao estresse

As associações foram geralmente mais pronunciadas para a dor crônica nas costas.

Parte inferior do formulário

Dor nas costas e saúde mental

A análise dos dados do questionário mostrou que, quando comparados com pessoas sem dor nas costas, aqueles que sentiram dor nas costas tinham duas vezes mais chances de experimentar uma das cinco condições de saúde mental: ansiedade, depressãopsicoseestresse e privação de sono.

Pessoas com dor crônica nas costas também tiveram três vezes mais chances de experimentar um episódio depressivo e 2,6 vezes mais chances de experimentar psicose.

Curiosamente, os resultados foram relativamente semelhantes em todos os 43 países, independentemente de sua posição na escala socioeconômica.

“Nossos dados mostram que tanto a dor nas costas quanto a dor crônica nas costas estão associadas a maior probabilidade de depressão, psicose, ansiedade, estresse e distúrbios do sono. Isso sugere que a dor nas costas tem implicações importantes na saúde mental que podem tornar a recuperação da dor nas costas mais desafiadora. As razões exatas para isso ainda não foram estabelecidas.”

– Dr. Stubbs

Como o estudo usou um grupo tão grande de pessoas em uma seção da população, os resultados podem ser considerados altamente confiáveis. Sendo a dor nas costas tão prevalente, qualquer conexão com a saúde mental precisa ser completamente compreendida.

Mais pesquisas são necessárias para descobrir mais sobre as ligações entre esses problemas e para garantir que tratamentos eficazes possam ser desenvolvidos. Também é importante que os profissionais de saúde estejam cientes desta ligação para encaminhar os pacientes para outros serviços, se necessário.

Conclusão

A dor nas costas, seja aguda ou crônica, está associada à elevada comorbidade de saúde mental em países de baixa e média renda. Ambas estão associadas a maiores chances de depressão, psicose (incluindo experiências psicóticas), ansiedade, estresse e distúrbios do sono.

Intervenções integradas que abordam a dor nas costas e as comorbidades de saúde mental podem ser um próximo passo importante para enfrentar esse fardo considerável, principalmente no atendimento primário.

Cadastre-se E receba nosso newsletter

Veja outros posts relacionados…

nenhum

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONHEÇA FIBRODOR, UM SITE EXCLUSIVO SOBRE FIBROMIALGIA
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
Preencha e acesse!
Você pode baixar as imagens no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ver os vídeos no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o mini-ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no blog gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas